segunda-feira, 22 de setembro de 2008

SAUDEMOS A PRIMA, VERA CHEGOU!



Que momento enternecedor, sorriam e respirem fundo, porque Vera, a prima, chegou! Isso mesmo, a prima Vera que só dá o belo ar de sua graça a partir do dia 22 de setembro, ano após ano e muda e agita o tempo e todas as formas de vida com sua maravilhosa paisagem, embelezando a natureza e trazendo consigo um grande arsenal de pétalas que encherão jardins e praças com tapetes multicoloridos.
Uau, que linda, que radiante e esplendorosa! Olha quão vaidosa se mostra, quão faceira surge e se exibe! Vejam como ela já vem toda coberta de inúmeras flores de diversos matizes, de um verde exuberante, de bastantes folhas vistosas e estonteante perfume.Esperada ansiosamente pelos românticos e enamorados, a primaVera jamais falha quando, finalmente, chega seu tempo de vir, não se fazendo de rogada em momento algum e permitindo ser acariciada até mesmo impudicamente pela brisa lânguida a pespegar-lhe ardentes beijos de boas vindas.
Também ao sol abre-se fulgurante, toda entregue, toda dada, toda lépida e bela.Saudemos a prima de nome Vera, vamos abraçá-la e para ela bater palmas ruidosas aplaudindo-a com fervor. Cada um a cumprimente com um sorriso sublime, elástico e sincero e grite, e alto e bom som, o quanto ela é bem vinda, amada e querida.

4 comentários:

Carla disse...

linda esta ode à primavera, numa altura em que deste lado do oceano chega o outono e os seus tons de terra.
Obrigada pela visita
gostei muito do teu blog
beijos

Só Eu disse...

Só temos um mar a separar-nos. Só temos os sonhos a percorrer este mar.
Muito simpático o teu espaço. Gostei.
Um abraço

JOICE WORM disse...

Já somos três a confirmar a chegada do Outono. Que não é menos bonito, apesar de termos que nos despedir do verão...
Obrigada por sua visita, Gil.
"A menuno volveré para hacerle las honras... Con cariño dejo un abrazo". Obrigada pela boa música!

JOICE WORM disse...

Já somos três a confirmar a chegada do Outono. Que não é menos bonito, apesar de termos que nos despedir do verão...
Obrigada por sua visita, Gil.
"A menuno volveré para hacerle las honras... Con cariño dejo un abrazo". Obrigada pela boa música!