quarta-feira, 5 de novembro de 2008

BREVE CHAMA


Nem bem nós o gozo desta vida sentimos

logo a velhice, de súbito, assoma,

então, em pouco, como nada, sumimos

n’algum hospital apagados na cama

.

Somos, tão somente, uma breve chama,

sopro que de reles fôlego vive,

como folhas chapinhando na lama,

talvez sol que logo, fosco, anoitece

.

Embora assim, chamas amortecidas

rápido acende/apaga, figuras

sem graça nesse cosmos infinito,

.

Apreciamos viver, jovens ou velhos

pois existir é benção, apesar do caos,

e conquanto venh' a morte, o ser é bendito

31 comentários:

Isa disse...

Encanto-me com os seus poemas.Aprecio aqueles tirados da Alma ou do Coração.
Passei para o ler, pq.sigo o seu blog.Posso postar o "selo" do seu blog?
Bjo para si e sua mulher.
isa.

Leila disse...

Gilbamar, que lindeza de poema!Sim, existir é benção.A mim, basta ver filhos, netos e alguns bisnetos...bom demais(risos)
Gilbamar tenho uma amiga poetisa, tão sensível como vc. De uma espiadinha no blog dela. Vai gostar com certeza.
http://luaempoemas.zip.net/
Bjs no coração.
Leila

Marinel disse...

Hola Gilbamar.Preciosa poesía que habla del tiempo del disfrute.De épocas en las que la vida nos regala momnetos para saborear antes de llegar a una vejez certera en la que podemos encontrarnos postrados en el último recodo del camino.
Hay que vivir, a pesar de los tropiezos del sendero y así con sabiduría enfrentarse hasta a la muerte, pero con la bendición de haber vivido cada instante de nuestra existencia...
Precioso.
Te pido disculpas si no lo entiendo todo a la perfección y te comento con lo que veo y siento entremezclados...
Besos desde España.
¡Ah! si alguna vez no me entiendes, pro favor, dímelo sin problemas.

BC disse...

"Somos tão somente uma breve chama".

E é essa chama que vai percorrendo o caminho, a estrada da vida, e que um dia num breve sopro se apaga
Beijos ternos
ISABEL

Véu de Maya disse...

Sim meu caro!

a vida é um belo presente...frágil e passageira...mas valiosa demais pra ser desperdiçada...creio que vc a aproveita bem...parabéns pelos seu livro..terei prazer em comprar e ler...o seu poema de hoje é outonal e adequado á estação..

abraços

Val Du disse...

Sim, somos apenas uma breve chama.

Estamos só de passagem por esse tempo e neste espaço.

Abraços.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Belo Poema.
Suavidade nas palavras e força na poesia, adorei!
...O infinito é a sina do meu próprio grito. beijos
Apareça, tenho postagem nova.

isis de la noche disse...

Uma breve chama.. Y sin embargo, cómo resplandecemos en el infinito mientras ardemos!!!!!

Y cómo resplandece el infinito en nosotros!!

Un gran abrazo ;)

Pelos caminhos da vida. disse...

Idade da qual iremos chegar tb,espero que minha velhice seja boa e feliz,com netos a me dar alegrias.

Obrigado amigo pela suas visitas,é muito importante pra mim.

Boa noite.

beijooo.

C3-PO disse...

Somos uma breve chama... um totoloto... um EUROMILHÕES!!! =)

***

Cleo disse...

Por isso devemos sempre viver o instante não deixando nada prá depois.
Lindo poema.

vou deixar o selinho aqui tbm.
http://i418.photobucket.com/albums/pp262/Stardust_049/selos-premios/golfinho.jpg

beijos e boa noite!
Cleo

Hermínia Nadais disse...

Ói! que poema tão realista... e muito bem conseguido.
Obrigada pela partilha.
Bjs

Jacinta Dantas disse...

Seus versos me fazem lembrar o grande poeta Gonzaguinha, que diz: a vida é um sopro que nem dá um segundo.
Adoro versos assim, que me provocam e estes me remetem aos tempos em que vivemos, com tantas exigências de que se tem que ser o primeiro em tudo e tudo é descartável. Parece que estamos nos esquecendo que a vida por aqui é uma parada que fazemos na grande viagem. Mas, a parada é uma vez só.
Um abraço

Ana Martins disse...

Gilbamar,
uma bela homenagem aos idosos, num tão maravilhoso soneto.

Beijinhos

Ana Maria disse...

Lindos seus poemas.
Viver a juventude e a velhice é nossa meta.
Beijinhos!

EternaApaixonada disse...

*****

Querido amigo Gilbamar,

Já pela segunda tentativa, insisto para deixar meu cumprimento pelo lançamento do livro, que espero seja sucesso!
Os posts anteriores fazem juz ao seu talento.
""Breve Chama" nos faz (re)pensar na brevidade de nossa vida e saber vivê-la. Um poema de muita sensibilidade!

Deixo meu beijo com carinho e que tenha uma ótima quinta.

Sintonias do Coração

ETERNOS SONHARES

Coisas da Helô ©

*****

O Profeta disse...

Esta humilde folha solta
Este Vento que fala docemente
Abre-se a alegria da terra
Ai este Sol de sorriso presente

Um manto tecido pelas brumas da manhã
Uma mão segue o Sol outra a emoção
O orvalho que dança no celeste
Ganha a cor da exaltação



Convido-te a pintares o teu olhar com as cores do arco-íris




Mágico beijo

TRÍPTICO(POEMAS)FERNANDA disse...

Olá querido Gilbamar, belíssimo Soneto, encheu meu coração de boa poesia... A D O R E I ...

(Estou escrevendo de um novo blogue, mas os antigos continuam na mesma)

Um belo dia, cheio de alegria Paz e Amor... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Agulheta disse...

Gilbalmar.Gostei da forma com que descreve os idosos,eles são e serão sempre a chama viva de um passado com história e sabedoria,todos nós caminhamos para lá,mas que seja com chama viva de amor e esperança,por um adormeçer num longo sonho,ao encontro de uma estrela que os guiará.Agradeço visita e gosto muito desta amizade.
Beijinho e paz

mundo azul disse...

Sim! Viver da melhor maneira possivel...
Talvez com o tempo, precisamos diminuir nosso ritmo, mas, não precisamos parar nunca!

Belo poema!!!

Beijos de luz e o meu carinho...

As Chamas do Fénix disse...

Chamas... como é um tema que me seduz...

Uma grande chama para ti...abraços

Uma Ilha disse...

Todos chegaremos lá é assim o ciclo da vida.Abraço amigos aqui da ilha.S.A

GUILHERME PIÃO disse...

Por isto temos que aproveitar...e bem...
Abraços

Deusa Odoyá disse...

Olá meu novo amigo Gilbamar!.
Vou procurar compra o livro, ataque de lampião a mosssoró.
Amigo, aproveita bem a vida e esse dom que Deus lhe deu.
Beijos de muita luz em tí.
Obrigado por suas visitas ao meu cantinho.
Uma semana abençoada .
Regina coeli.

Fique na paz.

EternaApaixonada disse...

*****

Vim lhe deixar meu abraço amigo e um beijo de boa noite!

*****

Pelos caminhos da vida. disse...

Post especial pra vc lá.

beijooo

toñi disse...

como siempre tu poema es muy bello. Un beso

cynthia disse...

vivir y disfrutar.. cada momento, cada estado, cada tiempo..
Un regalo de existir...

besos y buen fin de semana!!

Luiz Caio disse...

Olá Gilbamar! Bom dia!
A mão de Deus em tudo é perfeita... Enquanto, por um lado perdemos a juventude. Por outro ganhamos estabilidade, e a experiencia necessária para melhor aproveitar-mos a vida... Mas tudo dependerá também, de comos nos comportamos na juventude! Para envelhecer com saúde é preciso cuidar-se desde sempre. E só irá colher a tranquilidade... Quem á plantar!

TENHA UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA!

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

As pessoas que já têm uma vivência maior que a nossa merecem respeito. os avôs são os mais fofo do mundo!
As avós são as verdadeiras fadas madrinhas!
beijos e borboleteios!

(En) Canto da poesia disse...

Parabéns, Gilbamar pelo belo espaço que vc criou aqui! Eu tb estou no pedaço! Eita! Passa lá para conferir o meu, ok?
Um bom domingo! Beijos, Milla.