terça-feira, 14 de julho de 2009

POBRE JARDIM SEM FLORES


Sou resquícios de carnavais
retalho de mulambo puído
sou pedaços de mim mesmo
fragmentos de minh'alma
brisa que o tornado engole
onda levada pela maresia
só um bosque devastado
pobre jardim sem flores
sou canavial amargo,
rapa dura sem do çura
apago o fogo da vida
apunhalo a mentira
sou falso guia de cego
mero lábaro estrelado
dormindo em berço esplêndido
eu olho mas não enxergo
durmo de olho aberto
acordo para dormir
mato a cobra e não mostro
nunca atiro pau no gato
como gato não como o rato
'tô no mato com cachorro
sou o ontem feito hoje
pego o sol com os olhos
caçando cachorro a grito
um jovem envelhecido
um velho rejuvenescido
sou artista sem platéia
escritor sem editora
......

7 comentários:

Sue disse...

Passando pra te ler...
Escritor sem editora... rs...
Beijinhos.

Giane disse...

Amigo Gilbamar;

Ès um Poeta Inspirado que Ama e é Amado por sua Musa.
És um Amigo Presente - mesmo a longa distância - Tua Generosidade nunca recusa.
Então é questão de tempo, até o ótimo escritor encontrar uma nova editora...

Beijos mil!!!

E.Suruba disse...

é como se tivesse perdido alguma coisa...

Ava disse...

Gilbamar... Que peoma é esse...

Da gente lê de um fôlego só... sem vontade de parar... com medo de parar... e perder o frenesí que sua leitura vai causando...

Dois pedacinhos merecem destaque, para mim... claro...rs

..."sou pedaços de mim mesmo
fragmentos de minh'alma..."


..."'um jovem envelhecido
um velho rejuvenescido..."


Simplesmente alucinante como todos os sentidos vão se aguçando no sentir de tantas emoções...


Estou maravilhada!



Beijos em sua alma!

Beijos em seu coração!

Belkis disse...

Hermoso y triste poema. Me ha gustado. Gracias por tu visita a mi espacio. Eres bienvenido siempre que gustes. Un cariñoso saludo

Ana Martins disse...

É sempre muito bom ser a sua poesia!

Beijinhos,
Ana Martins

Giane disse...

Gilbamar...

Perdoa a ousadia, mas preciso de um favor. Deixei uma pergunta no ar, lá no Caderno de Páginas Amareladas e gostaria, se possível, ler sua respota lá.
Desde já, Agradeço!

Beijos mil!!!