sexta-feira, 5 de junho de 2009

SE A VIDA FOSSE PERFEITA


Se a vida fosse perfeita
ninguém haveria de chorar
sem dor, sem mágoa sem pranto
o dia todo para amar
a terra multicolorida
o tempo inteiro p'ra beijar

Ninguém passaria fome
alegria não teria fim
com escola para todos
jamais algum emprego ruim
nenhuma razão para sofrer
que tal um mundo belo assim?

24 horas eu sorriria
a todos distribuindo flores
cumprimentando na ternura
plantando e colhendo amores
chamando todos p'ra dançar
num mundo longe dos horrores

Mendigo ninguém seria
teríamos muita fartura
não seria necessário
nem prefeito nem prefeitura
político não existiria
nem Congresso nem ditadura

Sei que isso é quimera
mas não custa nada sonhar
pois somos inteligentes
para qualquer coisa mudar
e para ter um mundo assim
basta apenas começar

6 comentários:

Gabiprog disse...

¿Sabríamos valorar esa perfección?
o tal vez debieramos aprender a saber como de valorar lo bueno que tenemos ahora y saber mejorar en ese dia a dia...

Un abrazo.!

Lujo disse...

Hola Gilbamar,
Tus palabras tienen mucha razón en el último párrafo. Podemos soñar.....y se puede hacer realidad lo que tanto ansiamos.
Un abrazo muy cariñoso.
Pd: Eres un genio!

Isa disse...

Neste momento venho logo ao seu blog, para votar. Que bom!
Que justo.
Continuo com um aperto no coração
pelo acidente terrível que houve aí.Mesmo ñ conhecendo ninguém, rezo
por todos.
Beijo.
isa.

Marina Melow - Papo Contemporâneo disse...

Aaah se a vida fosse perfeita...acho que se fosse perfeita não teria graça de viver, é bom viver enfrentando as dificuldades, é mais interessante...


um abraço!

Úrsula Avner disse...

Caro Gilbamar seu poema é intenso do ponto de vista literário e social. Obrigada por seu carinho em meu espaço poético. Um abraço.

Liliana G. disse...

Si la vida fuera perfecta tal vez ni sabríamos que lo es porque no tendríamos con qué compararla.
Hagámosla perfecta cada uno de nosotros.
Precioso poema, amigo mío,
Un beso inmenso.