domingo, 19 de julho de 2009

SEM PRECONCEITOS NO AMOR


Como raio de luz em noite escura
a iluminar o caminho do peregrino
eis que a mim vieste, sorridente e pura
e de mim, pobre velho, fizeste menino

Ah esse lindo olhar cativante
resguardando uma alma de ternura
delírios de uma estrela brilhante
arco-íris não de cores, mas doçura

Virando-me pelo avesso, renasci,
e ao longo de todo tempo que vivi
nunca pensei um dia ser tão amado

Pois teus olhos diziam essa verdade
e conquanto a diferença de idade
de maduro me vi jovem transformado

10 comentários:

Joice Worm disse...

Ai o amor que não vê idade, não vê maldade, só vê o carinho e o sentir de algo que não se explica nem espera nada em troca.
Bem haja! Viva o amor verdadeiro!!!

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

O amor não tem idade, gênero, nada! É amor!

Beijos e borboleteios

Stella Tavares disse...

Amor independe de tudo. Deixa um brilho nos olhos e inspira lindos versos como esses. Parabéns!

Multiolhares disse...

Assim é o amor faz renascer o que parece perdido
beijos

Andreia disse...

Olá querido obrigada pela visita!
O amor é assim... sem idade, sem juízo e sem restrições.
Beijos adorei seu blog.

Vivian disse...

...o coração não tem rugas.

seu post é maravilhoso.

bj, poeta!

Josselene Marques disse...

Simplesmente lin-do!!!

O amor não tem preconceitos e tudo transforma.
Passei só para lhe desejar um Feliz Dia do Amigo.
Fraternal abraço.

Ana Maria disse...

Viajei nesse raio de luz para felicitar-lhe pelo dia do amigo.
Obrigada por aceitar-me como sua amiga. Obrigada por sempre visitar-me deixando palavras incentivadoras.
1000beijinhos da sempre amiga, Ana Maria.

Giane disse...

Amigo Gilbamar;

Se o Amor não nos tornasse melhores - mais jovens inclusive - não seria Amor. Seria qualquer outro bom sentimento, mas não teria a mesma "sintonia"...

Beijos mil e Feliz Dia do Amigo!!!

Joice Worm disse...

Voltei. Vou passando e lhe deixando um abraço a cada vez... Assim não nos esquecemos uns dos outros, Gil.
Beijos da Joice