quinta-feira, 8 de março de 2012

DIA INTERNACIONAL DA MULHER


Qual flores dum lindo jardim, ou anjos descidos do céu, talvez fadas vindas do sol, ou santas cobertas com véu, vocês mulheres queridas são guerreiras destemidas cumprindo seu lindo papel. Neste mundo conturbado onde a maldade impera, basta que vocês sorriam com sua alma sincera para tudo ficar melhor, homem algum ficará só, no seu ventre o amor gera. Mulheres dão cores à vida, são egressas do paraíso, presentes do Deus bendito, espalham o belo sorriso onde quer que se encontrem, hoje, amanhã ou ontem, nos fazem perder o juízo. São êxtase, são bem-querer, oceanos de carinho, luz forte na escuridão, o doce pedaço do ninho, feitas de uma costela viraram a rima mais bela, ninguém mais fica sozinho.

Vocês trouxeram beleza, inventaram a elegância, botaram charme no mundo com toda exuberância, porém a garra do seu saber
construiu um novo viver bem além da aparência. Nós dependemos de vocês, do poder que se espalha, do amor que já transborda,
do sorriso que embala, da afeição inerente, esse seu olhar ardente, do fascínio que não falha. Eu queria ser ourives, mas sou apenas poeta, não lapido diamantes, versejo sem linha reta, quem dera tratar com ouro, se juntasse um tesouro eu lhes daria na certa.

No entanto, coitado de mim, não tenho tostões furados, nada mesmo para lhes dar, só olhos esbugalhados de grande admiração, mas afirmo de coração são olhos apaixonados. Porque mulheres fascinam na política, cultura, na ciência, no proceder, no caráter, na ternura, com seus cuidados maternos, com seus trejeitos modernos, por elas faço loucuras.

Não é só hoje o dia delas, são delas todos os dias, oito de março é só data, lindas, doces iguarias, mas isso no bom sentido, meu respeito é garantido. Parabéns belas Marias! Nos rabiscos desta prosa-poética, tão pobre na composição, quisera homenagear vocês todas de coração, mas sendo eu pequenino, vate ainda menino, pobre de mim, tem como não!

Contudo sou atrevido, no pingo d'água eu dou nó, das tripas faço coração, melaço flui do meu gogó, juntando estrelas do céu
dou parabéns nessa mensagem às mulheres num verso só. É muito pouco, reconheço, vocês merecem galardões, as melhores recompensas, a admiração dos varões,  todos tesouros do mundo, um mar de rosas profundo, só as mais lindas emoções.


Todas vocês reverencio, para as mulheres tiro o chapéu, concedo-lhes todas honras, mas se pudesse daria o céu, porém só faço poesia,  recebam com alegria o favo de flores com minhas palavras de mel!

                                           Gilbamar de Oliveira Bezerra

Um comentário:

Ana Martins disse...

Gilbamar, boa noite!
Cheguei atrasada para comentar e agradecer esta bonita homenagem a todas as Mulheres, mas como mais vale tarde que nunca e, o bom filho à casa volta, aqui estou eu.

Beijinho com votos de uma Santa e Feliz Páscoa.
Ana Martins