terça-feira, 9 de outubro de 2007

ALGUMAS TROVAS - Gilbamar de Oliveira

Cansei deste mundo torto
vou daqui p’ra outro lugar
onde eu encontre conforto

e a lua possa apalpar

Amor de mulher nova
é feito de muita energia
alegra a vida e renova
como se fosse magia

Antes do fim de tudo
antes que tudo acabe
vou permanecer mudo

até que tudo desabe

De quatro letras não passa
o delicado termo amor,
que é uma forma de graça
e dádiva do Criador

Um comentário:

Ricardo Borges - Borjão disse...

Gilbamar,
Parabéns pelo seu Blog, a bagagem cultural é excelente. O amigo está de parabéns.
Abraços,
Borjão