quarta-feira, 26 de novembro de 2008

APENAS UM INSTANTE



Às vezes o coração deseja ardentemente a solidão por instantes
apenas e tão-somente para ficar consigo mesmo buscando su'alma,
sentindo suas batidas cadenciadas e sonhando com o silêncio e a paz

-
Em momentos assim ele anseia a placidez dos campos e a ternura
que parece florir das àrvores, dos pássaros e das águas brandas,
de modo a deixar que a candura da paisagem suavize as dores da vida

-
Mas são apenas súbitos interlúdios realmente passageiros, como o flash,
que se vão após obtidos seus benefícios só pelo coração perceptíveis
pois da outra metade do amor, tão premente, ele jamais pode prescindir

21 comentários:

[ rod ] disse...

Cheguei aqui por blogs amigos e vim conhecer seu espaço..

Quanto a solidão eu acho sim ela produtiva... é preciso ao homem, às vezes, conversar consigo mesmo.

Abçs,




Novo Dogma:
roMance...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Meu coração se encontra agora em silêncio!
beijos e borboleteios

BC disse...

Toda a vida é feita de momentos, de instantes, sempre, e todos os momentos e instantes fazem o todo da nossa vida.
Beijo
Isabel

isis de la noche disse...

Me ha encantado esto Gilbamar!

el encuentro del corazón con su silencioso centro..

Es necesario, creo. Por eso lo precisa ;)

Un gran abrazo, me gusta tanto cuando tu poesía invade mi noche..

Caperucita disse...

Preciosas palabras de amor, de una persona con un enorme corazón.
Te mando mis saludos y mi cariño.

JOICE WORM disse...

Descanso... É do que preciso neste momento, amigo. Mas ainda não chegou a hora.
Um beijo para ti. Vou passando para te ler e relaxar-me...
Muac!

Shakti disse...

Todos os momentos fazem parte da nossa vida...temos que saber tirar sempre o melhor deles ...

bj

Amadora disse...

Querido, realmente hj vc fez um big brother na minha vida, tudo que descreveu, foi exatamente o que senti hj, e é exatamente como disse, um flsh apenas, um devaneio, Graças a Deus que é só um momento, e ás vezes necessário, melancólico, mas que nos fazem nos interiorar, retrospetivas, necessárias, até o choro é bom.
pq o sorrir é mais valorizado né. rs
Obrigada pelo dom que tens.
Amei, muita coisa.

Grande beijo,
Christi

adolfo payés disse...

Bello poema...

saludos un abrazo fraterno

Christi Xavier disse...

Gil, escrevi sem notar, o comentário linkado no outro blog que iniciei hj a fazer, mas sou euzinha. rs

Christi

Adrisol disse...

precioso poema de amor has escrito hoy............
te felicito!!!!!!!!!
un abrazo de corazón y gracias por compartirlo..

Marcella disse...

Todos nós necessitamos de alguns momentos de solidão. Nem sempre a solidão é uma coisa ruim!
beijos!

Marysol disse...

Esos pequeños momentos que endulzan el corazón son los que le dan significado a nuestra vida.
Un abrazo, amigo, precioso poema.

Val Du disse...

Sim, é preciso parar por algum momento. Refletir, descansar e retornar.

Abraços.

Pato´s disse...

Simplemente bello!!Felicidades!

Besitos Gilbamar y que tengas un hermosodía:)

O Profeta disse...

Sou palavra perdida no silêncio
Gerada no ventre do Mar
Grinalda de perdidos sonhos
O passado do verbo amar

Amei!
Voar na chegada de cada Primavera
Pintar de luz as cores do verão
Pisei o tapete das folhas de Outono
Acendi em cada inverno uma fogueira de paixão


Convido-te ao encontro com o meu “Eu”


Abraço

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Belos momentos vi aqui! beijos

Laura disse...

Olá; bem, eu tenho muito tempo para estar

só com meu coração
nem preciso da solidão
ela, mesmo estando acompanhada visita-me vezes demais e,
assim...
tenho meu coraçãozinho
abandonado
triste
mas...descansado...

Beijinho d alaura..

cynthia disse...

Como siempre un placer leerte, un mimo al alma..

besos

Carla disse...

assim...há momentos em que precisamos de "respirar" solidão...ajuda-nos a encontrar uma parte de nós!
beijos

Eliana disse...

Verdade.
Eu não passo sem esses instantes, pois para mim são imprescindíveis.
Amei.
beijos,