segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

VOANDO NO SONHO




Ainda que nada seja como eu quis sonhar
e se despedacem minhas asas em pleno vôo,
mesmo que as rochas me impeçam o trajeto
e eu quebre os sentimentos em sua couraça

Não, não me deixarei jamais vencer pela dor
nem esquecerei que as mágoas são degraus
pelos quais subimos até o infinito, mesmo em pranto,
pois sei que a brisa haverá de secar as lágrimas

No alto, batendo as suaves asas da imaginação,
sigo em devaneio singrando o espaço sem rumo
até que o cansaço me leve ao repouso, enfim,
e eu deite a cabeça sobre as fofas e brancas nuvens

Meu olhar às vezes se torna ríspido e circunspecto,
bem reconheço esse leve traço de petulância,
mas meu coração é bobo e doce como o das crianças
e minh'alma é recanto e ninho de ternos sentimentos

Por isso essas asas que só minha imaginação vê
são formas mágicas e poéticas de ser da vida arauto,
de transformar o infinito em breve e casto momento,
de enxergar na fascinação de viver a ternura, o amor

40 comentários:

Gabiprog disse...

A veces los caminos son dificiles, curvas y piedras impiden nuestro transitar, pero el deseo de proseguir nos debe empujar. Y si tenemos que volar, volaremos.

Un abrazo.

JOICE WORM disse...

Ai a poesia... É o choro da alma.
Sempre cheia de sentimentos as suas palavras, Gil.
Tenho saudades.
Estou trabalhando duro para trabalhar menos um dia.
Deitar na rede e relaxar.
Satisfeita!

Isa disse...

Tocou-me este poema.
Meu amigo,que dom Deus lhe deu!
Tanto na prosa,como no verso.
Parabéns por essa benção.
Abracinho.
isa.

cynthia disse...

Ya de regreso de mis vacaciones .. buscandote y leyendote..
besos cariños.

Isa disse...

Meu Amigo,tem o selo Dardos,para si,no meu canto.
Você merece-o.Por favor aceite-o com a minha Amizade e admiração.
Beijo.
isa.

isis de la noche disse...

Hola amigo de las alas resplandecientes!!!!!

me alegro que tu corazón sea terco como el de un niño que, a pesar de lo que le dicen, sigue creyendo en su vuelo...

besos.. me ha emocionado mucho leerte hoy!!!!

gracias! ;)

Laura disse...

Belissima imagem e belissimo poema, tudo junto dá x + =xxxxxxx mais amor, mais sabedoria, calor e harmonia... A imagem da Rainha dos cóes voando, é linda... Biejinho da laura..

Tatiana disse...

"Por isso essas asas que só minha imaginação vê
são formas mágicas e poéticas de ser da vida arauto,
de transformar o infinito em breve e casto momento,
de enxergar na fascinação de viver a ternura, o amor"

Vou imprimir suas palavras para ler todos os dias ao acordar!

Que sua inspiração nos contagie sempre!

Um abraço carinhoso

Diosaoasis disse...

"La facinación de ver la ternura de la vida" me encantó bella frase.
Tu imagen esta super el águila representa tantas cosas como la fortaleza y seguridad de su volar.
Saluditos.

La Gata Coqueta disse...

Una bella imagen de fondo para acompañar a lo que nos dejas escrito para deleite nuestro.

Sin alas que haríamos nosotros? para poder superar todo lo que nos viene y sobreponernos a ello levantando el vuelo y alejarnos aunque nos cueste y duela en el alma.

Aunque el dolor en si nos hace fuertes y nos prepara para volver a recibir el amor como si volviésemos a ser niños...

Un abrazo desde el otro lado del charco.
Creo que el Águila Real te lo puede llevar hasta la puerta de tu propia casa...

toñi disse...

Hermosa poesia, siempre es un placer llegar hasta tu orilla.
Un beso

tossan disse...

A realidade pode ser melhor do que sonhamos. Vamos deixar os sonhos fluir para a poesia. Abraço

prestigie o nosso blog

http://amigosnablogosfera.blogspot.com

Ana Maria disse...

Dar asas à imaginação e sair voando nos sonhos.
Beijooss!!

Dany disse...

O importante mesmo é não desistir nunca!
Sempre correr atrás dos nossos sonhos!
Asas crescem sempre!
Bjos

EU MULHER disse...

Meu amor, fiquei emocionada com tanta perfeição em suas palavras.


Mil beijos meu amado.

Esther disse...

Hay que volar y dejar volar la imaginación que es la que nos trae ilusiones a la vida..

besos

Café da Madrugada® Lipp & Van. disse...

Ah, obrigada pela visita! Adoramos sua presença. E visite-nos sempre! Estaremos por aqui também.

Simples, belíssimo e completo poema!
"de transformar o infinito em breve e casto momento,
de enxergar na fascinação de viver a ternura, o amor" [...] perfeito.

Vanilla Lavender disse...

Oi querido amigo Gilbamar! Desculpe-me pela imensa demora em visitar o seu blog. Estou de volta aos US e rtomando aos pouquinhos a minha rotina, blog, familia e afazeres. Estou fazendo uma "serie" de posts sobre o Brazil, sera um grupo de mais ou menos uns 10 posts. Espero que voce goste. Preciso rapidamente fazer uma nova traducao... ja sinto cocegas nos dedos das maos pra comecar as minhas leituras. Um super abraco e um otimo final de semana pra voce. Beijo, Vanessa

Sam disse...

Bom sonhar dormindo e acordar sonhando!

Adorei, querido!

Abraços, flores e estrelas...

ICH LÍEBE DÍCH-2 disse...

Passando rapidinho.....

Tem um selinho para ti no meu blog.

É dado com muito carinho.

Beijos...
Dina

Pelos caminhos da vida. disse...

Poema bem tocante!

Obrigado pela sua visita.

beijooo.

Menina do Rio disse...

Um poema que trasmite força e audácia num voo preciso e necessário, apesar das dificuldades, do mau tempo, do cansaço. Porque sonhar é preciso...

Um beijo pra ti, Gil

Val Du disse...

Imaginar também é viver.
Belo poema.

Abraços.

Poesia do Bem disse...

Olá amigo conterrâneo Gilbamar nas minhas andanças encontrei-te aqui, agora fiz o meu blog e estou convidando-o a me visitar, abraços, parabéns pelo belo texto.bjssssssssssssssssss

Caperucita disse...

Paso a verte y a dejarte mis saludos.
Besos.

BC disse...

Muito bonito e apaixonado o poema Gilbamar,a figura também fabulosa.
Abraço
Isabel

Multiolhares disse...

"Não, não me deixarei jamais vencer pela dor
nem esquecerei que as mágoas são degraus
pelos quais subimos até o infinito, "
Deveriamos nos lembrar sempre do que escreves-te
beijos

Serena Flor disse...

Olá minha amigo, passando pra agradecer o carinho da sua visita e te desejar bom descanso nesta época carnavalesca!
Curta bastante e se não gosta da folia curta bastante a paz e o sossego!
Amanhã estou indo viajar e devo ficar uns dias fora do ar ok?
Quando retornar volto a fazer minhas visitinhas aos amigos!
Um beijão!

Tony Madureira disse...

Olá,

Lindo!! Voltarei!!

Abraço

Marcella Castro disse...

Estou numa fase assim: não posso deixar-me vencer pela dor.
Olha querido, tem mais selos pra ti no meu blog, viu? :)
Beijos!

Avassaladora disse...

"Por isso essas asas que só minha imaginação vê"

Bom dia amigo querido!
E é com essas asas que a gente alça langos e altos vôos.....
E se despedaçomos no chao, somos capazes de nos recompor e voltar a voar....

Um beijo avasallador

Que delicia o seu carinho... Adorei!

Tatiana disse...

Bom dia Poeta!
Estou viajando hoje para aproveitar o feriado de carnaval.
Espero que você aproveite bastante!!!
Quando retornar venho lhe visitar!
Um beijo carinhoso

Níyume disse...

Amigo , me alegra mucho tu post,siento cada vez que vengo que ha sido toda una bendición conocerte a ti y a la bella Ana.
Un abrazo para los dos

Níyume disse...

Amigo , me alegra mucho tu post,siento cada vez que vengo que ha sido toda una bendición conocerte a ti y a la bella Ana.
Un abrazo para los dos

paula barros disse...

Pois é, Gilbamar, não podemos deixar que experiências doloridas nos façam deixar de sonhar. Penso que só a dádiva de sonhar já nos traz alento e bons voos. Melhor é quando podemos nos planejar e realizar.

abraços, bom período de carnaval.

EU MULHER disse...

Eu te amo
oh, sim eu te amo!
eu mais ainda
oh, meu amor...
como a onda irresoluta
Eu vou, eu vou e eu venho
entre seu dorso
Eu vou e eu venho
entre seu dorso
E eu, eu me retenho

Eu te amo,
oh, sim eu te amo!
eu ainda mais
oh meu amor...
você é a onda, eu a ilha nua
você vai, você vai e você vem
entre meu dorso
você vai e você vem
entre meu dorso
e eu junto a ti
Eu te amo
Sim, eu te amo!
Eu mais ainda
Oh, meu amor...
como a onda irresoluta
Eu vou, eu vou e eu venho
entre seu dorso
Eu vou e eu venho
entre seu dorso
E eu me retenho

Você vai, você vai e você vem
entre meu dorso
Você vai e você vem
entre meu dorso

E eu junto a ti

Eu amo você!
Oh, sim eu amo você!
Eu ainda mais
Oh meu amor...
O amor físico é sem-saída

Eu vou, eu vou e eu venho
entre seu dorso
Eu vou e eu venho
e eu me retenho

Não! Agora! Venha!

Peter Pan disse...

Talentoso Amigo:
Um lindo sonho na sua bela Arte.. Doce. Pura. Sentida.
Um sentimento poético admirável e verdadeiro. Feito de autenticidade.
O meu amigo possui uma sensibilidade fabulosa. Indescritível. Um post perfeito.
Admiro-o imenso, sabia?
Abraço agradecido pela sua amizade verdadeira e autêntica.
Com respeito, estima e consideração.
Com uma cordialidade gigante...
Que a beleza dos poemas sinceros e sentidos que "constrói" terna e sentidamente lhe traga momentos inesquecíveis de fascínio....

Peter pan/Pena

Preocupo-me com a felicidade de todas as pessoas que trabalham com dignidade, com o suar do seu esforço intenso e, sobretudo, com o trabalho injusto infantil...numa altura de ele não acontecer nunca...
Bem-Haja, desculpe, o pensamento que me "percorre"...Apenas e só...
Adorei lê-lo..

≈ Estrella ≈ disse...

HOLA COMO TE A HIDO EN ESTOS DIAS? PERDONA MI AUSENCIA ES POR COSITAS PERSONALES, PERO ACA ME TIENES VISITANDOTE, TE DEJO UN ABRASITO Y QUE DISFRUTES DEL FIN DE SEMANA BUENAS NOCHES

ICH LÍEBE DÍCH-1 disse...

Feliz carnaval....brinque, dance, cante...ria....ame, mas com juizo.....!!!Pero no mocho..porque uma loucura de vez em quando é bom...
Bjs..
Dina

sedemiuqse disse...

vengo agradecer la visita volver a leer.
besos y amor
je