quinta-feira, 23 de julho de 2009

PRECISO REGAR AS FLORES


Por favor, parem as guerras,
preciso regar as flores
e escrever um poema aos jardins
para ver o êxtase nos rostos
perdidos na rotina da vida

Serei como as aves
semeando florestas,
abelhas polinizando rosas,
castores desviando cursos d'água,
beija-flores que apagam
incêndios assassinos nas matas

Minhas mãos encalecidas
pela poesia se abrem aos pobres,
meus ombros são amigos
acolhendo sorrisos
que dilaceram tristezas

A escuridão foge ante
o abrir dos seus olhos
cor de esmeralda,
e a vida pára ao escutar
sua voz maviosa
falando ao meu ouvido.

11 comentários:

Liliana G. disse...

Tu poema es un grito de vida, un clamor que trasciende los versos para depositarse en los corazones.
Si tuviéramos las manos repletas de flores en lugar de armas, la vida sería el Edén en la tierra.

Un gran cariño, Gilbamar.

(Carlos Soares) disse...

Belo poema! Precisamos regar as flores, a poesia, fazer desse mundo um grande jardim. Goistei também de "Sou enfeitiçado por teu sorriso". Um abraço

Adrisol disse...

que hermoso poema que destila vida y paz!!!
ojalá el hombre tomara conciencia de ésto.........
felicitaciones, amigo por difundir armonía y tranquilidad..

besossss

Val Du disse...

Sejam bem-vindas as flores.

Queremos flores e paz.


Belo poema.

Abraços

Sônia Brandão disse...

É preciso regar as flores e encher a vida de poesia.
Abraços.

Mai disse...

Olá Gil, saudades daqui, amigo.
regar as flores, nutrir os amores, cuidar das flores, dos amores, da poesia.

Bom poder voltar aqui e ler-te cuidando e regando flores delicadas.

Abraços,

Ana Maria disse...

As flores e as poesias regadas por você torna a vida mais alegre.
Tenha um sábado sensacional!
1000beijinhos!

SAM disse...

Lindíssimo amigo Gilbamar! Pela forma poética e conteúdo.

* Não sei se recebeu meu email lhe agradecendo pelo livro...Faço-o também por aqui! E depois do meu marido irei ler. Feliz!


Carinhoso abraço!

Úrsula Avner disse...

Caro Gilbamar, poesia florida de encanto e regada por sua admirável sensibilidade. Grande abraço.

Giane disse...

Amigo Gilbamar;

Além do Amor o que encontro de mais belo em seus escritos é a Esperança.
São esses sentimentos, tão inpiradamente grafados que me fazem sempre voltar aqui.

Beijos mil!!!

Hariane disse...

Flores regadas, paz, amor rendem belo um poema.

Beijo