domingo, 9 de agosto de 2009

PARABÉNS MEU PAI!


Meu pai, querido amigo,
que presente eu posso dar
pois nem pensar eu consigo
em como te presentear

Tu me deste a própria vida
me cercaste de carinho
junto a minha mãe querida
criaste um lindo ninho

Tão amigo, companheiro,
ensinaste a hombridade
o real valor do dinheiro
e como fazer caridade

Aprendi a ser cidadão
copiando teu caráter
pois me deste educação
da vida a célula máter

Obrigado, pai querido,
me ensinaste a ser gente
sem ti não teria sido
homem nobre e decente

Não tenho o que oferecer
nesse dia especial
pois que posso eu fazer
por quem foi sempre tão legal?

Assim, digo obrigado
PAPAI, grande amigo
por a vida ter-me dado
e por estar sempre comigo

Neste nove de agosto
comemoramos seu dia
olho teu sulcado rosto
e sinto tanta alegria

A vontade é te abraçar
e por tudo agradecer
a emoção me faz calar
só poesia sei fazer

Deixo meu preito de amor
a ti que só me soube amar
meu respeito com ardor
do teu filho Gilbamar

8 comentários:

Mai disse...

Oi, Gil, desejo-te um dia especial, feliz, junto aos teus.
Parabéns a todos os pais.

Abraços,

Ana Maria disse...

Parabéns a você pela bela homenagem.
Parabéns a seu pai.
Muitos beijinhos!

Adrisol disse...

hermoso homenaje!!
cómo siempre me dejas delietándome con tus palabras..

un fuerte abrazo, amigo

Isa Bettencourt disse...

Parabens pelo o texto :) Está fantástico ;)

bjs

paula barros disse...

Que legal você ter pai ainda e poder homenagear dessa forma linda. Que a poesia tenha sido entregue com muitos abraços e beijos.

Parabéns por esse dia especial.

bjs

Emilly disse...

Olá Gilbamar, obrigada pela visita!
Linda a sua homenagem a seu pai =)

É essencial que mostremos nosso amor por eles. :)

adorei o blog.

Rosana Ibanez disse...

Que poema Lindo em homenagem ao seu pai! Devemos mesmo idolatrá-los e amá-los muito, pois além de nos ter dado a vida, o amor dos pais para com os filhos é o amor mais sublime e verdadeiro que pode existir. Pena que não os tenho mais, mas a lembrança será eterna.
Muito lindo, parabéns...
beijos

J. Araújo disse...

Uma bela homenagem. Que bom que tem o seu pai. O meu já se foi hà muitos anos.

Me ensinou muito.

Parabéns pelo blog

abraço