sexta-feira, 18 de setembro de 2009

ONDE SE ESCONDEU A VIDA?

Arranquei a última folhinha
do calendário
e o tempo parou...
a lua apagou
o sol escureceu
as estrelas caíram
o céu desabou
os pássaros não voaram
o sorriso morreu
a inocência acabou
a morte expirou
o desejo explodiu
as flores murcharam
sem cor, sem brilho
a alma partiu, chorou,
que é do amor?
Partiu-se, esgotou,
estilhaçou-se
em mil fragmentos
amargos de fel.
O dia não mais existiu
a noite se viu nada
o azul borrou
cadê a vida?
Cadê a...
Cadê???

9 comentários:

Úrsula Avner disse...

Olá poeta, texto bonito, nostálgico, reflexivo. Um abraço.

Mundo Animal. disse...

`,%%;,%,%%%;
.. ,%%; %%% %%%;
... `%/% * %//%_%,
.. %(%%, %%%/;%%,`
.. %_ % `;%/%__/-%%
.. ,%% %// %%;%%` .
.............. `!) /
................ |.(.. .____()() _ ()()__
................ |.| ../|__( ’o’,)(,’o’ )_||
................ |.| ./__(,( . . )( . . ),)__.
,,,,,,,,,,,,,,,,)| | ,,|’,,,(..)(..)(..)(.,),,,,’|


MUY LINDO EL POEMA, QUE DISFRUTES DEL FIN DE SEMANAAAAA
SALUDOS Y ABRAZOS..
CHRISTIANNNNNNNNNN

Adrisol disse...

hermosas palabras hechas poesías!!

felicitaciones,amigo...

un abrazo y buen finde

Delirius disse...

Ah... belissimo esse poema, meu amigo!

Bjinho.

Joice Worm disse...

A vida está dentro de ti, poeta!
Não há outro espaço que ela tenha escolhido melhor para estar.
A minha está dentro de mim e nós trocamos experiências de vidas interiores.
Há vida lá fora? Não! Só dentro de cada um e de cada coisa. No mais tudo é ar envolvente.
Joice manda um beijo de dentro dela para dentro de ti.
Muac!

Ana Maria disse...

Vida desaparecida
Vida compadecida
Vida escondida
Vida partida.
Bem reflexivo.
Beijinhos de boa noite!

Rosana Ibanez disse...

Olá!
Lindo o poema, lindo e triste!
Beijos e uma ótima semana.

Ana Martins disse...

Muito forte a nostalgia que compõe este poema na incessante procura da vida... Lindo!

Beijinhos,
Ana Martins

Rafael Castellar das Neves disse...

Vai sabê, não é?

Complexo, mas tão comum...tão presente nas nossas vidas...o que fazer?

Muito bom seu texto e seu blog...

Abraço...